DryColors

[Bancada]  DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER atualiz.05

Fórum dedicado aos modelos de Naval que se encontram na linha de montagem.

Moderador: Moderadores Naval

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER atualiz.05

Mensagempor torrezani21 » 19 Out 2017, 16:28

Boas amigos faz tempo que não apareço por aqui,muito trabalho e afazeres diversos.

Bem retorno com um kit monstro 1/200 tamanho do casco 1,49 mts :D :D , eita bicho grande,mais o kit fala por si só.

Já iniciei ele há alguns dias mas como é gigante ainda estou no casco e camo do mesmo.

Segue uma historinha do barco:



O Bismarck foi o primeiro navio couraçado alemão da Classe Bismarck operado pela Kriegsmarine. Batizado em homenagem ao chanceler Otto von Bismarck, um dos grandes responsáveis pela unificação da Alemanha em 1871, a construção do navio teve início nos estaleiros da Blohm & Voss em 1º de julho de 1936, sendo lançado dois anos e meio depois em 14 de fevereiro de 1939. Sua construção foi finalizada em 24 de agosto de 1940, quando foi comissionado para a frota alemã. O Bismarck e seu irmão Tirpitz foram os maiores navios de guerra construídos pela Alemanha Nazista, e dois dos maiores navios construídos por uma potência europeia.

Durante sua carreira de oito meses sob o comando de seu único capitão, Ernst Lindemann, o Bismarck participou de apenas uma operação ofensiva, a Operação Rheinübung em maio de 1941. O navio, junto com o cruzador pesado Prinz Eugen, deveria seguir para o Atlântico Norte e atacar navios mercantes aliados que se dirigiam para o Reino Unido. As duas embarcações foram detectadas várias vezes perto da Escandinávia, com unidades navais britânicas sendo enviadas para bloqueá-las. O Bismarck enfrentou e atingiu em cheio o HMS Hood, o grande orgulho da Marinha Real Britânica, e forçou a retirada do HMS Prince of Wales em 24 de maio de 1941 durante a Batalha do Estreito da Dinamarca. Entretanto, o Bismarck foi atingido três vezes e sofreu uma avaria na proa, perfurando um dos tanques de combustível.

A destruição do Hood iniciou uma perseguição implacável pela Marinha Real, que envolveu dúzias de navios. Dois dias depois, enquanto navegava para um porto na França Ocupada, o Bismarck foi atacado por aviões torpedeiros Fairey Swordfish que decolaram do porta-aviões HMS Ark Royal; um dos torpedos atingiu a popa do navio, destruindo um dos lemes e seu mecanismo, tornando-o inoperável. O Bismarck foi destruído na manhã seguinte por navios britânicos. A causa de seu naufrágio é controversa: por muitos anos a Marinha Real afirmou que os torpedos disparados pelo HMS Dorsetshire foram fatais, enquanto que os sobreviventes alemães afirmam terem recebido ordens para afundá-lo. Robert Ballard descobriu os destroços em junho de 1989, sendo seguido por várias outras expedições que pesquisaram os restos do Bismarck para documentar sua condição e determinar a verdadeira causa de seu naufrágio.

O Bismarck foi encomendado com o nome de Ersatz Hannover, um substituto do pré-couraçado SMS Hannover. O contrato de construção foi vencido pelo estaleiro Blohm & Voss em Hamburgo, com sua quilha sendo batida em 1 de julho de 1936. O navio foi lançado em 14 de fevereiro de 1939 durante uma elaborada cerimônia, sendo batizada por Dorothee von Löwenfeld, bisneta do chanceler Otto von Bismarck. O processo de equipagem teve início logo após o lançamento e sua proa original foi substituída por uma similar a da Classe Scharnhorst.O Bismarck foi comissionado na frota em 24 de agosto de 1940 para testes marítimos realizados no Mar Báltico. O capitão Ernst Lindemann assumiu o comando do navio.

O Bismarck tinha um deslocamento padrão de 41 700 t e um deslocamento carregado de 50 300 t, com 251 m de comprimento, boca de 36 m e calado de 9,9 m.[1] Era o maior navio de guerra da Alemanha e tinha um deslocamento maior que qualquer outro navio europeu, com a exceção do HMS Vanguard. Sua propulsão consistia em três turbinas a vapor Blohm & Voss e doze caldeiras Wagner que geravam 111 980 kW de potência e ajudavam o navio a chegar a 30,01 nós (55.58 km/h). Sua autonomia era de 8870 milhas náuticas (16430 km) a 19 nós (35 km/h). Tinha três radares FuMO 23 instalados nos telêmetros da proa e popa e no topo do navio.

Sua tripulação era composta por 103 oficiais e 1 962 marinheiros. A tripulação era dividida em doze divisões de 180 a 220 homens. As primeiras seis divisões cuidavam dos armamentos do navio; divisões um a quatro para as baterias primárias e secundárias, e divisões cinco e seis para a defesa antiaérea. A sétima divisão era formada por especialistas, incluindo cozinheiros e carpinteiros, e a oitava divisão cuidava do manejo das munições. Os operadores de rádio, sinaleiros e quartel-mestres formavam a nona divisão. As três últimas divisões eram compostas pelo pessoal da sala das máquinas. Quando o Bismarck deixou o porto de Hamburgo, oficiais da frota e correspondentes de guerra aumentaram sua tripulação total para 2 200 homens. A tripulação publicava um jornal chamado Die Schiffsglocke (O Sino do Navio).

O Bismarck era armado com oito canhões SK C/34 de 380 mm instalados em quatro torres de artilharia: duas dianterias – Anton e Bruno – e duas traseiras – Caesar e Dora.[nota 2] Sua bateria secundária consistia em doze canhões SK C/28 de 150 mm, dezesseis metralhadoras FlaK 38 de 105 mm, dezesseis SK C/30 de 37 mm e doze Flak 30 de 20 mm antiaéreas.A blindagem do navio tinha 320 mm de espessura e era coberta por conveses de 50 mm até 120 mm de espessura. Os canhões de 380 mm eram protegidos por uma blindagem de 220 mm até 360 mm.

O Bismarck deixou Hamburgo em 15 de setembro de 1940 para começar seus testes marítimos na Baía de Kiel. O barco auxiliar Sperrbrecher 13 escoltou o navio até o Cabo Arkona em 28 de setembro e depois até Gotenhafen para testes na Baía de Gdańsk. Foram testadas sua usina de energia, estabilidade e manobrabilidade; durante o teste da última descobriu-se uma falha em seu projeto. Enquanto tentava virar o navio apenas alterando a rotação das hélices, a tripulação descobriu que o Bismarck ficava no curso com grande dificuldade. A embarcação virava muito pouco mesmo com as hélices exteriores funcionando com potência total em rotações opostas. Os canhões e baterias principais foram testadas pela primeira vez no final de novembro, demonstrando-se que ele era uma plataforma de tiro bem estável.[14] Os testes duraram até dezembro. O Bismarck voltou para Hamburgo no dia 9 de dezembro, passando por pequenas alterações e finalização da equipagem.


O Bismarck no porto de Hamburgo.
Ele deveria voltar para Kiel em 24 de janeiro de 1941, porém um navio mercante havia afundado no Canal de Kiel e estava impedindo a passagem. Condições climáticas adversas atrasaram a remoção dos destroços e o Bismarck voltou a Kiel apenas em março. O atraso frustrou Lindemann, que afirmou que o "[Bismarck] está ancorado em Hamburgo há cinco semanas ... o precioso tempo perdido não pode ser compensado, e é inevitável um atraso significativo na implantação final do navio na guerra". Durante a espera, o Bismarck recebeu o capitão Anders Forshell, um diplomata da marinha sueca em Berlim. Ele voltou para a Suécia com um registro detalhado do navio, que subsequentemente chegou nas mãos do Reino Unido. A informação deu a Marinha Real Britânica uma descrição total da embarcação, apesar de não possuir algumas informações importantes como sua velocidade total, alcance e deslocamento.

Em 6 de março, o Bismarck recebeu ordem para se dirigir a Kiel. No caminho foi escoltado por vários caças Messerschmitt Bf 109 e dois navios mercantes armados, além de um quebra-gelo. Às 8h45min do dia 8, o Bismarck encalhou na margem sul do Canal de Kiel, mas foi solto em menos de uma hora. Ele chegou no destino no dia seguinte e sua tripulação estocou munições, comida e outros suprimentos. Também foi aplicada uma camuflagem no casco. Bombardeiros britânicos atacaram o porto sem sucesso em 12 de março. O SMS Schlesien, agora um quebra-gelo, escoltou o Bismarck pelo gelo até Gotenhafen no dia 17.


O Bismarck em 1940.
O Alto Comando Naval (Oberkommando der Marine, ou OKM), comandado pelo almirante Erich Raeder, tinha a intenção de continuar com a tática de usar navios pesados, como couraçados, contra embarcações mercantes aliadas no Oceano Atlântico. Os dois navios da Classe Scharnhorst estavam na época baseados em Brest, França, tendo recentemente completado a Operação Berlim. O Tirpitz, navio irmão do Bismarck, estava quase pronto. Ambos deveriam se encontrar com os dois navios da Classe Scharnhorst no Atlântico para uma operação prevista para 25 de abril de 1941, quando o período de lua nova deixaria as condições mais favoráveis.

Os trabalhos no Tirpitz atrasaram e ele ficou pronto em fevereiro; o navio ficaria apto para combate apenas no ano seguinte. Para complicar a situação, o Gneisenau foi torpedeado em Brest enquanto estava na doca seca e o Scharnhorst precisava de uma revisão em suas caldeiras; durante a revisão, os trabalhadores descobriram que as caldeiras estavam em pior estado que o imaginado e o navio também não estaria disponível para a operação. Ataques britânicos em depósitos de suprimentos de Kiel atrasaram os reparos do Admiral Scheer e Admiral Hipper, e eles ficariam prontos para combate apenas em agosto. O almirante Günther Lütjens, oficial escolhido para liderar a operação, queria adiar as ações até que o Scharnhorst ou o Tirpitz estivessem disponíveis,porém a OKM decidiu seguir em frente com uma força formada apenas pelo Bismarck e o cruzador pesado Prinz Eugen.

ESPECIFICAÇÕES:



Operador Kriegsmarine
Fabricante Blohm & Voss, Hamburgo
Homônimo Otto von Bismarck
Batimento de quilha 1 de julho de 1936
Lançamento 14 de fevereiro 1939
Batismo 14 de fevereiro de 1939
por Dorothee von Löwenfeld
Comissionamento 24 de agosto 1940
Comandante(s) Ernst Lindemann
Estado Naufragado
Fatalidade Afundou em batalha em
27 de maio de 1941
Características gerais
Tipo de navio Couraçado
Classe Bismarck
Deslocamento 41 700 t (padrão)
50 300 t (carregado)
Maquinário 12 caldeiras Wagner
3 turbinas a vapor
Comprimento 251 m
Boca 36 m
Calado 9,3 m[nota 1]
Propulsão 3 hélices triplas
Velocidade 30.01 nós (55.58 km/h)
Autonomia 8 870 milhas náuticas a 19 nós
(16 430 km à 35 km/h)
Armamento 8 canhões SK C/34 de 380 mm
12 canhões SK C/28 de 150 mm
16 FlaK 38 antiaéreas de 105 mm
16 SK C/30 antiaéreas de 37 mm
12 Flak 30 antiaéreas de 20 mm
Blindagem Cinturão de 320 mm
Torre de artilharia de 360 mm
Conveses de 50 a 120 mm
Aeronaves 4 hidroaviões Arado Ar 196
Tripulação 2 200




Em breve atualizações.

Abçs,

Torrezani
Editado pela última vez por torrezani21 em 21 Nov 2017, 00:27, em um total de 6 vezes.

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor torrezani21 » 19 Out 2017, 16:29

Imagem

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1378
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor TioDrakul » 19 Out 2017, 17:19

torrezani21 escreveu:Imagem


Uhhh... Existe um Bismarck em 1/200? (Dragão megalomaníaco se atiçando)

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor torrezani21 » 19 Out 2017, 23:56

TioDrakul escreveu:
torrezani21 escreveu:Imagem


Uhhh... Existe um Bismarck em 1/200? (Dragão megalomaníaco se atiçando)


Muito obrigado pela sua visita TioDrakul ,o bicho é grande,estou terminando a pintura do casco ,acho que conseguirei postar as fotos dele pintado entre hoje e sábado.

Abçs,

Torrezani
:bala:

Avatar do usuário
denis bonetti
Super Membro
Mensagens: 10320
Registrado em: 06 Ago 2013, 19:38
Nome: denis pace bonetti

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor denis bonetti » 20 Out 2017, 00:04

Cheguei por aqui para acompanhar.

1/200 fica gigante, não?

Abraços

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor torrezani21 » 20 Out 2017, 00:10

Bom pessoal dei uma mancada em não postar as fotos do kit,me desculpem.

Segue as fotos do kit,eu não tinha tirado as fotos quando comecei a montar,segue abaixo algumas para se ter noção da brincadeira.

Aqui só são mostrados 1 peça de cada sprue,mas na realidade tem algumas arvores que tem 03 da mesma.



PHOTOS BY FLORY MODELS.



Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem


Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem


Olhem o detalhamento deste deck.

Imagem


Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem


Photoetcheds são a mesma coisa das sprues , no total são 12 folhas



Imagem

Imagem



Abrçs,

Torrezani

:bala:

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor torrezani21 » 20 Out 2017, 00:13

denis bonetti escreveu:Cheguei por aqui para acompanhar.

1/200 fica gigante, não?

Abraços


Boas Denis,meu amigo ele fica com 1,49 mts , seja bem vindo a montagem e muito obrigado pela visita :thumbup:

Abçs.

Avatar do usuário
Corbini
Membro
Mensagens: 230
Registrado em: 23 Out 2012, 12:28
Nome: Lucas Stenico Corbini
Localização: Limeira-SP

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor Corbini » 20 Out 2017, 07:10

SHOOOOOW! :clap: :clap: :clap:

Chegando aqui para acompanhar esse gigante!

Boa montagem! :thumbup:

Abraço!
Lucas S. Corbini

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1378
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor TioDrakul » 20 Out 2017, 07:36

Minha nossa senhora dragonesa... Como as minhas lombrigas megalomaníacas se atiçaram eu fui ver o preço de um, mas está por volta de 1350 moedas de ouro (valor mais frete)

Avatar do usuário
torrezani21
Membro
Mensagens: 733
Registrado em: 08 Ago 2012, 10:12
Nome: carlos alberto torrezani
Localização: SÃO PAULO - BRASIL

Re: DKM BISMARCK ESCALA 1/200 TRUMPETER

Mensagempor torrezani21 » 22 Out 2017, 16:31

Corbini escreveu:SHOOOOOW! :clap: :clap: :clap:

Chegando aqui para acompanhar esse gigante!

Boa montagem! :thumbup:

Abraço!


Seja bem vindo Corbini,obrigado pela visita :thumbup:

abçs.


Voltar para “Naval”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante