DryColors

[Concluído]  YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Moderador: Moderadores GT

Avatar do usuário
Thunderbolt
Super Membro
Mensagens: 8952
Registrado em: 17 Jun 2013, 20:52
Nome: Guilherme Augusto Sorrenti
Localização: Sorocaba-SP

YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Thunderbolt » 18 Out 2017, 10:24

Olá pessoal.
Iniciando minha participação neste GT com um kit de 1993 fabricado pela Revell que se encaixa perfeitamente na categoria GOIABA.
É um YF-22 Lighting II que foi o protótipo do F-22 Raptor.
O kit parece um "snap" pois para montado só com o encaixe das peças.
Escala do kit eu diria que é "aproximadamente" 1/72 pois ele parece desproporcional e maior do que um F-15 Eagle.
A injeção é ruim, tem uma quantidade razoável de rebarbas os relevos são baixos porém grosseiros.
Não irei investir muito em melhorias e correções deste kit ruim. Me limitarei a tentar montá-lo direito usando cola e muita massa putty. Vejam bem, eu disse "TENTAR", mas não garanto nada. Provavelmente vai sair a mesma M... de sempre.

Um pouco de história
O Lockheed/Boeing/General Dynamics YF-22 foi um protótipo de tecnologia de aeronaves de caça de dois motores, monoposto, americano, projetado para a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). O design foi um finalista na competição de caça tático avançado da USAF e dois protótipos foram construídos para a fase de demonstração/validação da competição.
O YF-22 ganhou o concurso contra o Northrop YF-23, e entrou em produção como o Lockheed Martin F-22 Raptor . O YF-22 tem disposição e configuração aerodinâmicas semelhantes ao do F-22, mas com diferenças na posição e design do cockpit, estabilizadores, asas, cauda e no layout estrutural interno.
Em 1981, a Força Aérea dos EUA desenvolveu um requisito para um Caça Tático Avançado (ATF) como um novo caça de superioridade aérea para substituir o F-15 Eagle e o F-16 Fighting Falcon. Isto foi se tornado mais crucial pelas ameaças emergentes a nível mundial, incluindo o desenvolvimento e a proliferação de aeronaves de combate soviéticas como o Su-27 e o MiG-29.
Aproveitaria as novas tecnologias em design de caça no horizonte, incluindo materiais compósitos, ligas leves, sistemas avançados de controle de vôo, sistemas de propulsão mais potentes e tecnologia furtiva. Em 1985, a Força Aérea enviou pedidos técnicos para propostas a várias equipes de fabricação de aeronaves. O pedido de proposta formal (RFP) foi emitido em julho de 1986 e duas equipes de contratação, Lockheed, Boeing e General Dynamics, juntamente com Northrop e McDonnell Douglas , foram selecionadas em 31 de outubro de 1986 para realizar uma fase de demonstração em 50 meses, culminando no teste de vôo dos protótipos das duas equipes, o YF-22 e o YF-23 . Sendo assim as duas equipes apresentaram suas propostas, Northrop e McDonnell Douglas apresentaram o YF-23 e a Lockheed, a Boeing e a General Dynamics propuseram e construíram o YF-22, que, embora marginalmente mais lento e com uma maior detecção de radar , era mais ágil do que o YF-23. Principalmente por esta razão, foi escolhido pela Força Aérea como o vencedor do ATF em abril de 1991. Após a seleção, o primeiro YF-22 foi retirado para um museu, enquanto o segundo protótipo continuou voando até um acidente o relegou ao papel de um veículo de teste estático.

O YF-22 recebeu o nome não oficial "Lightning II". Desde a Segunda Guerra Mundial esse nome pertencia ao Lockheed P-38 Lightning , que persistiu até meados da década de 1990 quando o YF-22 foi batizado de “Lightning II” e posteriormente a USAF nomeou oficialmente a aeronave como "Raptor". Mais tarde o F-35 recebeu o nome “Lightning II” em 2006.

Desenvolvimento
O primeiro YF-22 (PAV-1, número de série 87-0700 , N22YF), com o motor GE YF120, foi lançado em 29 de agosto de 1990 e primeiro voo ocorreu em 29 de setembro de 1990 , decolando de Palmdale pilotado por David L. Ferguson. Durante o voo de 18 minutos, o PAV-1 atingiu uma velocidade máxima de 250 nós (460 km/h; 290 mph) e uma altura de 12.500 pés (3.800 m), antes de aterrissar na Edwards AFB. Após o vôo, Ferguson disse que o restante do programa de teste YF-22 seria concentrado em "... a manobrabilidade do avião, tanto supersônico como subsônico". O segundo YF-22 (PAV-2, s / n 87-0701 , N22YX) com o motor P&W YF119 fez seu primeiro vôo em 30 de outubro nas mãos de Tom Morgenfeld.

Avaliação
Durante o programa de teste de vôo, ao contrário do YF-23, os disparos de armas e os altos (60 °) ângulos de ataque (AoA, ou High-Alpha) foram realizados no YF-22. Embora não seja um requisito, a aeronave disparou mísseis AIM-9 Sidewinder e AIM-120 AMRAAM a partir de compartimentos de armas internas. O teste de vôo também demonstrou que o YF-22 com seus bocais de vetor de impulso alcançou taxas de afinação mais que o dobro do F-16 em manobras de baixa velocidade. O primeiro protótipo, PAV-1, alcançou Mach 1.58 em supercruise, enquanto o PAV-2 atingiu uma velocidade máxima de supercruise de Mach 1.43. A velocidade máxima foi superior ao Mach 2.0. Os testes de voo continuaram até 28 de dezembro de 1990, período em que 74 vôos foram concluídos e 91,6 horas no ar foram acumuladas. Após testes de voo, as equipes contratadas apresentaram propostas para a produção ATF.

Em 23 de abril de 1991, o YF-22 foi anunciado pelo secretário da Força Aérea, Donald Rice, como vencedor da competição ATF. O projeto YF-23 foi mais furtivo e rápido, mas o YF-22 foi mais ágil. Foi especulado na imprensa de aviação que o YF-22 também foi visto como mais adaptável ao Naval Advanced Tactical Fighter (NATF), mas a Marinha dos EUA abandonou NATF em 1992. Em vez de ser aposentado, como no caso do PAV-1, o PAV-2 seguiu as saídas após a competição - acumulou mais 61,6 horas de vôo durante 39 vôos. Em 25 de abril de 1992, a aeronave sofreu sérios danos durante uma tentativa de pouso como resultado de oscilações induzidas pelo piloto. Foi reparado, mas nunca voltou a voar e, em seguida, serviu como veículo de teste estático depois disso. Em 1991, antecipou-se que 650 F-22 de produção seriam adquiridos.

Produção do F-22
À medida que a equipe Lockheed ganhou a competição ATF, foi premiado com o contrato de engenharia, fabricação e desenvolvimento (EMD), que, em última instância, permitiria prosseguir com a produção de aeronaves operacionais. O EMD chamou sete F-22A de assento único e dois F-22B de dois assentos. Em 9 de abril de 1997, o primeiro deles, Spirit of America, foi lançado. Durante a cerimônia, o F-22 foi oficialmente chamado de "Raptor". Devido ao financiamento limitado, o primeiro voo, previamente agendado para meados de 1996, ocorreu em 7 de setembro de 1997. O teste de vôo para o F-22 continuou até 2005 e, em 15 de dezembro de 2005, a USAF anunciou que o Raptor atingiu sua capacidade operacional inicial (COI).
Em muitos aspectos, os YF-22s eram diferentes dos F-22 da produção. Ao contrário do F-117 Nighthawk , que inicialmente era difícil de controlar devido a pequenos estabilizadores verticais , a Lockheed especificava a área de barbatana no seu YF-22. Portanto, a empresa reduziu o tamanho daqueles nos F-22 em 20/30 por cento. A Lockheed recortou a forma das bordas laterais da asa e do estabilizador para melhorar a aerodinâmica, força e características de discrição; a raíz da asa e estabilizador foi reduzido em 6° de 48°. Finalmente, para melhorar a visibilidade do piloto, o dossel foi movido para a frente 7 polegadas (178 mm), e as entradas do motor foram movidas para trás 14 polegadas (356 mm).

Especificações
Tripulação: 1 (piloto)
Comprimento: 19,65 m
Envergadura: 13,1 m
Altura: 5.39 m
Área da ala: 77,1 m²
Peso vazio: 33,000 lb (14,970 kg)
Peso carregado: 62,000 lb (28,120 kg)
Motor : 2 × Pratt & Whitney YF119 -PW-100 ou General Electric YF120 -GE-100 turbofans pós-combustíveis
Pressão seca: YF120: 23.500 lbf (104 kN) cada
Embarque com pós - combustão : 30,000 lbf / 35,000 lbf (133 kN / 156 kN) cada
Produzido: 1989/90 (02 aeronaves)
Velocidade máxima:
Em altitude: Mach 2.2 (1.260 nós, 1.450 mph, 2.335 km/h)
Supercruise: Mach 1.58 (910 nós, 1.040 mph, 1.680 km/h)
Raio de combate: 696 nmi (800 mi, 1.480 km)
Teto de serviço: 6500 pés (19.800 m)

Imagens de referência
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O kit
Imagem

O manual
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Decais
Imagem

O kit (não se assustem)

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

É isso.
Breve iniciarei a montagem.
Até +...

Avatar do usuário
Eduardo José
Membro
Mensagens: 229
Registrado em: 02 Fev 2017, 15:55
Nome: Eduardo José Franchini

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Eduardo José » 18 Out 2017, 10:52

O kit, como você explicou, já não ajuda. A aeronave, para o meu gosto, é bem sem graça (inclusive a 'camuflagem'). Assim, no quesito 'goiaba' não poderia estar melhor! Que Deus o ilumine nessa tenebrosa empreitada!

Avatar do usuário
Tiago Guilger
Super Membro
Mensagens: 5486
Registrado em: 13 Ago 2015, 14:07
Nome: Tiago Guilger
Localização: Itu - SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Tiago Guilger » 18 Out 2017, 12:59

Chegando por aqui, pra acompanhar mais uma goiabada :roll: :thumbup: :thumbup:

Avatar do usuário
Thunderbolt
Super Membro
Mensagens: 8952
Registrado em: 17 Jun 2013, 20:52
Nome: Guilherme Augusto Sorrenti
Localização: Sorocaba-SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Thunderbolt » 18 Out 2017, 21:56

Eduardo José escreveu:O kit, como você explicou, já não ajuda. A aeronave, para o meu gosto, é bem sem graça (inclusive a 'camuflagem'). Assim, no quesito 'goiaba' não poderia estar melhor! Que Deus o ilumine nessa tenebrosa empreitada!

:rir_muito: :rir_muito: :rir_muito: :rir_muito:
Valeu Eduardo.
É, o kit não ajuda muito.
Seja bem vindo e espero que tolere a montagem, (gostar vai ser difícil).
Um abraço!
Editado pela última vez por Thunderbolt em 18 Out 2017, 22:00, em um total de 2 vezes.

Avatar do usuário
Ruffuswood
Membro
Mensagens: 671
Registrado em: 03 Jan 2015, 13:37
Nome: Vinicius Marques
Localização: São Paulo - SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Ruffuswood » 18 Out 2017, 21:58

Você tira de letra Thunder! É uma goiabinha de primeira hehehehe

Avatar do usuário
Thunderbolt
Super Membro
Mensagens: 8952
Registrado em: 17 Jun 2013, 20:52
Nome: Guilherme Augusto Sorrenti
Localização: Sorocaba-SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Thunderbolt » 18 Out 2017, 22:01

Tiago Guilger escreveu:Chegando por aqui, pra acompanhar mais uma goiabada :roll: :thumbup: :thumbup:

Obrigado Tiago.
Bota goiaba nisso.
Seja bem vindo e espero que goste.
Abraço!
Editado pela última vez por Thunderbolt em 19 Out 2017, 00:00, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Thunderbolt
Super Membro
Mensagens: 8952
Registrado em: 17 Jun 2013, 20:52
Nome: Guilherme Augusto Sorrenti
Localização: Sorocaba-SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Thunderbolt » 18 Out 2017, 22:02

Ruffuswood escreveu:Você tira de letra Thunder! É uma goiabinha de primeira hehehehe

Seja bem vindo Ruffus.
"Goiabinha de primeira" foi boa.
Vamos ver o que se consegue por aqui.
:thumbup: :thumbup: :thumbup:

Avatar do usuário
Thunderbolt
Super Membro
Mensagens: 8952
Registrado em: 17 Jun 2013, 20:52
Nome: Guilherme Augusto Sorrenti
Localização: Sorocaba-SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Thunderbolt » 18 Out 2017, 22:26

Olá pessoal.
Vamos iniciar a montagem do Lightning ll.
Colei a seção do cockpit à fuselagem:
Imagem

Em seguida colei os estabilizadores:
Imagem

Depois de colar duas chumbadas no nariz para servir de lastro colei a parte de baixo da fuselagem e as entradas de ar das turbinas:
Imagem

Preparando as portas dos porões:
Imagem

Colei as turbinas no devido lugar:
Imagem

Aqui os porões das rodas, trens de pouso e baia dos AIM-120 AMRAAMS:
Imagem

Baia do trem de pouso esquerdo e baia do AIM-9 Sidewinder. As baias das armas serão fechadas pois vieram muito toscas assim como os mísseis:
Imagem

E para finalizar um dry fit do Lightning ll:
Imagem

E foi só por hoje.
Breve novidades.
Até +...

Avatar do usuário
Tiago Guilger
Super Membro
Mensagens: 5486
Registrado em: 13 Ago 2015, 14:07
Nome: Tiago Guilger
Localização: Itu - SP

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor Tiago Guilger » 19 Out 2017, 07:34

apesar dos pesares, parece que está indo tudo bem! já tem cara de caça pelo menos rss

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1697
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: YF-22 Advanced Tactical Fighter - Revell - 1/72

Mensagempor TioDrakul » 19 Out 2017, 07:49

Cruzes... O pessoal da Revell viajou na maionese ao desenhar o porão de armas inferior do protótipo ou ele era mesmo assim? E concordo com o Tiago, pelo menos está parecendo um caça :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:


Voltar para “GT 69 - Piores Goiabas Possíveis”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante