DryColors

[Concluído]  Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Moderador: Moderadores GT

Avatar do usuário
Vrykolakas
Super Membro
Mensagens: 4409
Registrado em: 11 Abr 2014, 20:37
Nome: Paulo Ayres Muselli de Mendonca

Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor Vrykolakas » 16 Out 2017, 23:25

Não é este o nome nem era para ser um dragão prata, mas como eu estava precisando de uma figura para fazer a Silvara...

Imagem

Primer aplicado...
Imagem
Trespassors will be shot
Survivors will be shot again

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1378
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor TioDrakul » 16 Out 2017, 23:53

dragonesa prateada no pedaço?? :somuchwin: (caso ninguém tenha reparado ainda, sou um dragão prateado :mrgreen: :mrgreen: )

Avatar do usuário
profalexandre
Membro
Mensagens: 826
Registrado em: 04 Out 2016, 08:46
Nome: Alexandre R T Souza
Localização: Campinas
Contato:
 
Troféus:
GT 38 - Luftwaffe - Montagem: Arado Ar 196A-3 Revell 1:72 GT 63 - Porta Aviões - Montagem: USS Enterprise (CVN 65) - Revell - 1:720
 
GTs em Andamento:
GT 11 - Maquinas Voadoras Russas - Montagem: MIG-21 MF Fishbed J - Academy 1/48 GT 72 - BLINDADOS MILITARES SOBRE RODAS - Montagem: SpPz 2 Luchs A1/A2 Revell 1:35

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor profalexandre » 17 Out 2017, 09:52

Caramba! Montagem estilo The Flash!
Imagem

Avatar do usuário
Vrykolakas
Super Membro
Mensagens: 4409
Registrado em: 11 Abr 2014, 20:37
Nome: Paulo Ayres Muselli de Mendonca

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor Vrykolakas » 17 Out 2017, 11:02

TioDrakul escreveu:dragonesa prateada no pedaço?? :somuchwin: (caso ninguém tenha reparado ainda, sou um dragão prateado :mrgreen: :mrgreen: )


Ops.... não vai apaixonar...


profalexandre escreveu:Caramba! Montagem estilo The Flash!


São fáceis de montar... o detalhe é a pintura....
Trespassors will be shot
Survivors will be shot again

Avatar do usuário
Vrykolakas
Super Membro
Mensagens: 4409
Registrado em: 11 Abr 2014, 20:37
Nome: Paulo Ayres Muselli de Mendonca

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor Vrykolakas » 17 Out 2017, 17:05

Um pouco sobre a história de Silvara...

Em sua forma de dragão de prata, D'argent ou Silvara tem cerca de 40 metros de comprimento, do nariz à cauda. Ela é completamente coberta de escamas de prata extremamente pequenas que dão um acabamento de brilho à sua pele. Seus chifres, garras e olhos são de ouro pálido. Quando D'argent aparece como a Elfa Silvara de Kagonesti (ou Silvart), ela é uma Elfa de aspecto particularmente requintado, de 1,60m de altura e cabelos prateados, pele pálida usando uma pequena roupa bárbara adornada com penas tribais.

No final da Terceira Guerra do Dragão, quando ambos os dragões cromáticos e metálicos foram forçados a afastar-se dos assuntos dos homens, D'argent foi encarregada do Vale de Foghaven, no qual ficavam os restos finais de Huma, Cavaleiro da Solamnia. Durante séculos, o dragão de prata garantiu que o vale fosse preservado e que ninguém perturbasse o descanso de Huma. Quando a Guerra da Lança se aproximou, D'argent tornou-se cada vez mais preocupada com o retorno da Rainha das Trevas. Sabendo que o juramento, que afastava todos os dragões dos assuntos dos homens, ainda estava em vigor, ela se transformou na forma de um elfo de Kagonesti e assumiu a identidade de Silvart (às vezes chamada Silvara). Ela então foi morar entre os elfos do Qualimori, para saber mais sobre o que estava acontecendo em Ansalon.

Muitos elfos em Qualimori conheciam Silvart por suas grandes habilidades de cura, e ela foi respeitada pelo Kagonesti, e até mesmo alguns dos Silvanesti e Qualinesti. Quando os Heróis da Lança vieram a Qualimori, foi Silvart quem foi chamada para ajudar Gilthanas Kanan quando um guarda de Silvanesti o acusou de espionar. Foi então que ela percebeu que o mesmo destino que aconteceu com a irmã também seria dela. Ela se apaixonou por um mortal. Quando Laurana Kanan planejava fugir de Qualimori, ela ofereceu seus serviços como guia através da região selvagem de Southern Ergoth. Na verdade, ela planejou levá-los ao túmulo de Huma. Foi lá que ela revelou aos Companheiros sua verdadeira forma e, ao fazê-lo, perdeu seu amor. Dentro de Foghaven Vale, ela também ensinou Theros Ironfeld a forjar as Dragonlances, dando-lhe o segredo para desfazer os exércitos dos dragões cromáticos.

Ao ouvir sobre o Juramento da Neutralidade, que Harkiel the Bender havia extraído dos Dragões Metálicos, D'argent desconfiava muito de que Takhisis o trairia. Agindo no conselho de Fizban, D'argent começou a encontrar os ovos de dragões metálicos que os dragões cromáticos supostamente esconderam como reféns. Gilthanas se ofereceu para ajudar o dragão de prata, e junto com Fizban, o partido entraram no Templo de Luerkhisis, onde foram assistidos pelo dragão de bronze Cymbol. O grupo testemunhou como os ovos estavam sendo pervertidos para a criação de draconianos, e depois recuperou tantos ovos quanto possível, antes de fugir para as Ilhas Dragão. Ao chegar às ilhas, Gilthanas e D'argent retornam os ovos e informaram os dragões metálicos de como eles foram traídos. D'argent convenceu seus primos para entrar na guerra, e com Gilthanas, foi fundamental para ajudar na derrota final dos exércitos dos dragões. Durante a guerra, D'argent e Gilthanas tornaram-se heróis nos céus sobre Palanthas e Kalaman, bem como várias outras frentes, depois de derrotar uma grande quantidade de dragões cromáticos.

Seguindo diretamente os acontecimentos da guerra, D'argent estava preparada para se estabelecer em Kalaman com Gilthanas, em sua forma elfa de Silvara. No entanto Gilthanas não podia aceitar que ela fosse um dragão e a mandou embora. O dragão de prata era conhecido como Silvara por este momento, independentemente da forma que ela tomasse, e ela não usou mais o nome de D'argent.

O dragão de prata deixou Kalaman e vagou por Ansalon, passando um tempo em várias localidades para o resto da Era do Desespero e a parte inicial da Idade dos Mortalistas. Silvara praticamente desapareceu por completo, antes de ressurgir sob a forma do cavaleiro humano feminino Arlena Plata, Cavaleiro da Rosa. Ela serviu no Castle Eastwatch sob Lady Riva Silverblade por algum tempo, na luta contra o Overlord do Dragão, Gellidus the White. Mais tarde, conduziu um esquadrão de Cavaleiros Solamnic a Dragon Mountain, onde se encontrou com Gilthanas.

Para o bem de Ansalon, Silvara assume sua forma de dragão mais uma vez e junta os Heroes of the Heart em sua luta contra o Overlord do Dragão. O dragão e Gilthanas redescobriram seu amor um pelo outro, com Silvara finalmente aceitando que Gilthanas realmente a ama, e não apenas a forma dela. Silvara e Gilthanas ajudam os heróis a frustrar a busca de Malys para ascender à divindade, e depois voar para o Ergoth do Sul para continuar a luta contra Gellidus the White.
Trespassors will be shot
Survivors will be shot again

Avatar do usuário
leaopersico
Super Membro
Mensagens: 11166
Registrado em: 27 Set 2014, 06:07
Nome: Lenilson Leão

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor leaopersico » 17 Out 2017, 20:00

Agora é a vez dos dragões!
Não posso ficar de fora!
Sempre aprendendo...

Avatar do usuário
Vrykolakas
Super Membro
Mensagens: 4409
Registrado em: 11 Abr 2014, 20:37
Nome: Paulo Ayres Muselli de Mendonca

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor Vrykolakas » 17 Out 2017, 22:09

leaopersico escreveu:Agora é a vez dos dragões!
Não posso ficar de fora!


Bem vindo aqui também...

Preto brilhante...
Imagem
Trespassors will be shot
Survivors will be shot again

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1378
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor TioDrakul » 17 Out 2017, 22:29

(Notando a luz baixando na sala sempre que aparece um comentário do Vrykolakas) :pensando:

Avatar do usuário
Vrykolakas
Super Membro
Mensagens: 4409
Registrado em: 11 Abr 2014, 20:37
Nome: Paulo Ayres Muselli de Mendonca

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor Vrykolakas » 18 Out 2017, 23:50

TioDrakul escreveu:(Notando a luz baixando na sala sempre que aparece um comentário do Vrykolakas) :pensando:


:pensando:

:rir_muito: :rolando: :lol:

E cromando a dragoa....
Imagem
Trespassors will be shot
Survivors will be shot again

Avatar do usuário
TioDrakul
Super Membro
Mensagens: 1378
Registrado em: 04 Mar 2013, 14:27
Nome: Daniel Campos
Localização: Curitiba

Re: Silvara, Silver Dragon - Reaper Bones - 28mm

Mensagempor TioDrakul » 19 Out 2017, 07:42

"...Vrykolakas estava voltando para mais um dia de montagens no seu esconderijo secreto, examinando rapidamente as bancadas com os seus 354 projetos em paralelo e certificando-se que a empregada não conseguiu passar do selo místico que guarda a entrada do galpão de montagens. Mas quando ele chegou no trabalho atual, o vampiro... fica ainda ainda mais branco do que ele é normalmente! O modelo da dragonesa... desapareceu!

Examinando cuidadosamente ele conclui que o modelo realmente esteve na bancada mas só sobraram as manchas de tinta e um pouco de poeira do lixamento do dia anterior, e nessa poeira ele encontra... pegadas? Sim, alguém invadiu o esconderijo! O vampiro invoca mil maldições, afinal nenhum mortal deveria ser capaz de invadir a sala mais sagrada do seu lar!

Mas ao seguir as pegadas com a precisão de um cão de caça ele nota algo... estranho. As pegadas que vão até a bancada são de alguém usando um sapato 38, mas ao chegar no lado de fora do esconderijo as pegadas... mudam de forma? elas se tornam progressivamente maiores e ganham dedos, mas o número errado de dedos para um humano. seguindo os rastros eles seguem aumentando até fazer inveja para um t-rex e continuam aumentando e ficando mais profundos, até que de repente ao invés de dois pés aparecem agora os rastros de quatro pés.

O vampiro fica pensando o que poderia ter invadido o seu esconderijo, afinal não existem dinossauros. Certo? Mas o mistério fica ainda maior quando de repente surge outro conjunto de rastros, quatro pés (ou patas?) como o primeiro conjunto mas menores e com aparência mais delicada, menos profundos do que os primeiros rastros. Avançando mais e mais os rastros então se confundem, uma confusão de pegadas como se dois seres gigantescos tivessem andado um ao redor do outro até o momento em que parecem ter decidido em que direção continuar, seguindo para a clareira aonde os humanos deixam as encomendas do vampiro via helicóptero. E ao chegar na clareira as pegadas de repente se tornam bem mais profundas, como se os seres que as criaram tivessem saltado, mas o rastro acaba ali. Teriam saído... voando?"


Voltar para “GT 52 - Tudo o que sua imaginação permitir”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante